Cliente descobre câmara escondida em quarto de motel com vídeo de casais

Na câmera havia um cartão de memória, com vídeos dele e de vários clientes que haviam passado pelo quarto.
Um cliente de 45 anos teve um verdadeiro susto ao mexer no ar-condicionado do quarto de um motel, no Bairro Parque Geórgia, em Cuiabá, na manhã dessa quinta-feira (26).Assim que mexeu, ele percebeu que havia caído uma peça do aparelho e, ao pegar a peça, constatou que, na verdade, tratava-se de uma micro-câmera,segundo o cliente, a câmera tinha um cartão de memória e ele resolveu olhar o que estava gravado no cartão.

Ele encontrou vídeos com imagens suas e de outros clientes que haviam usado o quarto,ele conseguiu perceber também que a pessoa que colocava a câmera no ar-condicionado do quarto saía pela porta de acesso dos funcionários, o que indicava que, possivelmente, era um funcionário do estabelecimento.(veja o vídeo aqui)

Gerente suspeito ele pegou a câmera e o cartão, levou para a polícia, entregou e fez uma denúncia,eiante da denúncia, policiais da Gerência de Operações Especiais (GOE) foram até o motel para tentar identificar quem seria o responsável por colocar a câmera,eles conversaram com os funcionários e o gerente do motel, de 34 anos, acabou confessando que era ele quem gravava os clientes do quarto,ele foi detido e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá. Três computadores também foram apreendidos.

Fontes:Portal o Livre

Max Lucado diz que 'Deus está falando com o mundo' em meio à pandemia de coronavírus

O pastor e escritor diz que cada um precisa perguntar a Deus o que Ele quer comunicar em sua vida e ministério diante da pandemia.
"Nunca vivemos um tempo como este. Isso é sem precedentes”, disse Max Lucado, pastor da Igreja de Oak Hills, em San Antonio, Texas, ao The Christian Post. “No entanto, a Bíblia nos diz que os tempos foram bizarros antes. Você abre sua Bíblia e lê sobre pestilência, medos, tempos sombrios. A Bíblia está escrita para tempos como este.”.Ele incentivou todo crente a perguntar: “‘Senhor, o que você está me dizendo durante esta crise?”.Lucado enfatizou que Deus está "conversando com o mundo" através da pandemia de coronavírus.

"Acredito que a mensagem [de Deus] é pessoal e global", enfatizou o pastor. “Alguns de nós precisam ouvir algo individualmente. Por exemplo, eu senti que o Senhor estava me dizendo: 'Max, não dependa da economia'. Pode ser que Deus esteja dizendo às pessoas: 'Não confie em entretenimento para sua realização'”."Quem previa estádios esportivos vazios? Parece um romance de ficção científica”, continuou ele. “Pode ser que alguns de nós precisem ouvir o Senhor dizendo: ‘Pare de transformar um ídolo nessas fontes de prazer. Venha a mim para satisfação’”.

“Vá ao Senhor, pergunte o que Ele está dizendo e depois diga: 'Como podemos ser usados ​​por você? Como podemos servir aos outros?", aconselhou. “Não é fácil por causa do distanciamento social. Mas podemos enviar mensagens de texto e ligar para as pessoas, entregar presentes para alguém, podemos ser criativos, especialmente com os vulneráveis,escolher a fé acho que é um momento em que precisamos alimentar nossa fé, continuou ele. “Se você alimentar nossa fé, seus medos morrerão de fome. Se você alimentar seus medos, sua fé morrerá de fome. Nossa tendência é alimentar nossos medos. Temos que fazer coisas intencionais para alimentar nossa fé.”

A escolha da fé sobre o medo, em meio ao ataque de manchetes negativas, disse o autor, começa com o gerenciamento do pensamento,quando ligo o noticiário hoje à noite, ouvirei alguém dizer que as coisas estão piorando. Se não me proteger, deixarei isso criar uma sensação de ansiedade que encherá meu coração, e depois transmitirei isso ao mundo, explicou Lucado,achamos que só porque temos um pensamento, temos que pensar. Nós não. Não precisamos recebê-lo. Existem muitas mentiras por aí e falsidades distribuídas no momento, na forma de exagero, como nunca vamos passar por isso' e outras declarações exageradas. 

Precisamos nos proteger contra essas coisas porque elas podem nos sugar o autor da Bíblia Lucado Encouraging Word salientou que em 2 Coríntios, o apóstolo Paulo exorta os crentes a “capturar todo pensamento para torná-lo obediente a Cristo.Isso significa que ouvimos esse pensamento e depois oramos: 'Sei que parece que as coisas estão piorando, mas Senhor, você está no controle e não vou me render a isso. Eu entrego meu medo a você'', disse ele em vez de permitir ansiedade em meu coração, a fé entra em meu coração, de modo que, mais tarde, o que eu digo é: 'As coisas estão difíceis, mas acredito em um Deus bom e Ele está no trono.' [Assim] eu me torno alguém que transmite esperança em vez de medo, disse Lucado.

Tempos de crise nas Escrituras, Jesus fornece o exemplo perfeito de como responder em tempos de crise, disse Lucado,se você quiser saber como Jesus responde a uma calamidade global, podemos ver como Jesus respondeu ao fato de que 5.000 homens, mulheres e crianças não tinham comida e como ele os alimentou, disse ele. “Quer ver como Jesus responde ao espectro maligno da morte? Podemos ver como Ele responde quando Lázaro morreu ressuscitando-o dentre os mortos.”.O livro mais recente de Lucado (“Jesus: O Deus que conhece o seu nome”) analisa profundamente a vida de Cristo e o que Ele significa para nós hoje.

É tanto para os novos cristãos que querem "caminhar pela vida de Cristo e entender a beleza dessa pessoa real que viveu nesta Terra" quanto para os crentes experientes que "querem se aprofundar e explorar diferentes aspectos da vida de Cristo", disse Lucado o livro ajuda as pessoas a entender por que valorizamos a Cristo, disse ele a razão pela qual Deus se tornou carne é nos revelar o coração de Deus. Quando vemos Jesus, vemos o coração de Deus."Todos eles revelam o coração de Cristo que é compassivo, odeia a religião que afasta as pessoas de Deus e ama as pessoas", diz.

Como muitas igrejas ao redor do mundo, a igreja de Lucado, no Texas, suspendeu os cultos no campus em resposta ao coronavírus. Em vez disso, Lucado realizou nas últimas semanas um breve serviço dominical no Facebook e continuará a fazê-lo "pelo tempo que for necessário".Em tempos de calamidade, os cristãos devem se esforçar para "manter nossas Bíblias e corações abertos" mais do que nunca, destacou Lucado."Temos situações como essa na história e isso acontecerá novamente", disse ele. "Não sei se isso é uma indicação de que estamos perto do fim do mundo como o conhecemos, mas poderia ser. Ninguém sabe. Mas é um lembrete para que voltemos nossos corações a Deus.

Fontes:Guiame

TJSP suspende decisão que proibia cultos religiosos no estado

O desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco suspendeu uma liminar que determinava proibição de cultos religiosos para conter a pandemia do coronavírus.
O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, suspendeu uma liminar que determinava proibição de cultos religiosos e sanções para casos de descumprimento dos decretos referentes à pandemia pelo novo coronavírus,em decisão divulgada na última sexta-feira (20), o juiz Randolfo Ferraz de Campos, do TJSP, proibiu a celebração de missas, cultos e quaisquer atos religiosos "que impliquem reunião de fiéis e seguidores em qualquer número em igrejas, templos e casas religiosas de qualquer credo". 

A deliberação teve como base um pedido do Ministério Público (MP). O estado de São Paulo já tem 40 mortos pelo vírus e mais de 800 casos confirmados até a última atualização,no entanto, para o desembargador, ao adentrar em questões de competência do Poder Executivo, a decisão poderia causar danos à ordem pública e ao combate à pandemia. “Encontro plenamente justificada a suspensão da liminar, uma vez que da decisão judicial constam determinações severas, de natureza tipicamente administrativa, que devem ser pautadas pelos critérios de conveniência e oportunidade da Administração, insubstituível por comando judicial, no sentido da organização dos serviços públicos tecnicamente adequados a cada caso”, apontou Pinheiro Franco.

O desembargador destaca que “a preocupação comum do Ministério Público e do Magistrado é minha também. Entendo não ser adequado, máxima comum, qualquer reunião que aglomera pessoas no momento, tenha a natureza que tiver”. No entanto, escreveu ele, “neste momento de enfrentamento de crise sanitária mundial, considerando todos os esforços que envidados hora a hora pelo Estado e pelo Município, decisões isoladas têm o potencial de promover a desorganização administrativa, obstaculizando a evolução e o pronto combate à pandemia”.

Segundo o magistrado, as medidas de enfrentamento ao vírus “são fruto de atos administrativos complexos, emanados de órgãos da Administração organizados em um todo sistêmico. É caso de questionar: do que adianta impor ordens restritivas, cujo descumprimento está sujeito a sanção, se o efetivo da polícia, capaz de fiscalizar e conter excessos, é mais necessário em outras matérias relativas à segurança do que com o cuidado com fiéis e seguidores”.Para o magistrado, cabe aos líderes religiosos orientar os fiéis. “Aos líderes religiosos, no desempenho da função acolhedora, pacificadora e de propalada preocupação com seus fiéis, cabe mostrar como desempenham esse papel em momento de grave crise sanitária.”

Fontes:Agência Brasil

Empresária ensina a preparar receita de ‘cordeiro à camponesa’ que está há 30 anos na família dela

Leonice Bratti Gaiardo conta que carne é conhecida por ser macia e ter um sabor marcante.
A empresária Leonice Bratti Gaiardo ensina a preparar uma receita de “cordeiro à camponesa” no Jornal do Campo deste domingo (22), em Jataí, na região sudoeste de Goiás. Segundo ela, o preparo é uma receita que está na família dela há 30 anos. Ela conta que carne é conhecida por ser macia e ter um sabor marcante.(veja o vídeo aqui)

“No Sul, da onde veio o prato, as pessoas consomem muito carneiro. E eu, quando vim para cá, comecei a fazer essa receita e todas as pessoas que experimentaram, gostaram. E aí nós continuamos. Já tem mais de 30 anos que esse prato entra na minha casa”, contou ainda segundo Leonice, pelo menos uma vez na semana ela prepara a receita para a família. “É muito fácil de fazer. É uma carne saborosa, uma carne de fácil digestão e que fica um sabor muito bom”, disse.

Ingredientes:

1 kg de paleta ou pernil de cordeiro
3 colheres de sopa de óleo
1 dente de alho amassado
1 colher de chá de orégano
1 colher de chá de cebola em pó
1 colher de chá de alho em pó
Sal e pimenta do reino a gosto
8 batatas pequenas inteiras
8 cenouras baby
8 cebolas pequenas inteiras
1 repolho pequeno
1 litro de água

Modo de preparo

Em uma panela de pressão em fogo médio, coloque o óleo para esquentar e, em seguida, acrescente a carne, o alho, o orégano, a cebola em pó e tempera com sal e pimenta do reino moída.“Agora, nós vamos fritar os temperos e carne aqui até dourar”, disse em seguida, feche a tampa da panela de pressão. Segundo Leonice, a carne fica, no máximo, 30 minutos na pressão em fogo baixo passado o tempo, desligue o fogo e tire a pressão da panela. Em seguida, adicione ao preparo, ainda dentro da panela, a cebola, a cenoura e a batata, e leve ao fogo por mais 30 minutos para cozinhar os legumes. 

No entanto, a empresária alerta que, nesta etapa, não se deve fechar a tampa da panela.“Quando as batatas estiverem já macias, nesse momento, a gente acrescenta o repolho, porque o repolho só precisa dar uma murchada, mesmo”, disse por fim, basta montar o prato. Leonice dispõe os legumes ao redor de uma travessa e, no centro dela, coloca o cordeiro e o molho a empresária conta que o prato pode ser servido sem nenhum acompanhamento. “Se quiser fazer um arroz, até pode, mas ele já tem a batata, então, pode ser servido como um prato único”, contou.

Fontes:G1

Malafaia contraria recomendação e diz que não vai reduzir cultos

O pastor evangélico decidiu contrariar recomendações de autoridades de saúde para que não haja aglomerações.
O pastor e líder da igreja pentecostal Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, afirmou, em vídeo publicado em seu canal no YouTube, que não vai diminuir o número de cultos nem fechar igrejas por causa da pandemia do coronavírus, contrariando recomendações de autoridades de saúde para que não haja aglomerações,para Malafaia, a igreja é "tão importante quanto as medidas contra" a doença. O pastor afirmou que só suspenderia os cultos caso a covid-19 force as prefeituras e Estados a interromper o funcionamento dos transportes coletivos. Mas o pastor ressaltou que deixará igrejas abertas para atender pessoalmente os fiéis.

Malafaia propôs como alternativa que "forças-tarefa" sejam deslocadas para estações de trem, metrô e terminais de ônibus para "fazer uma limpeza para amenizar" a disseminação da doença éa segunda vez na semana que um pastor evangélico vem a público minimizar os riscos do coronavírus, apesar de todos os alertas que vêm sendo feitos pelas autoridades de saúde. No fim de semana, em uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook, o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, disse aos fiéis que não se preocupem com a propagação do coronavírus. Ele atribuiu a tensão que o mundo vive com a doença a uma "tática de Satanás" e ao trabalho da mídia.

A Igreja Universal não cancelou os cultos. Em seu site oficial, informa que "obedece a quantidade estipulada pelas autoridades e controla a entrada de público". Se necessário, diz, é ampliado o número de reuniões para atender a todos. Ainda orientou que se evite orações com "imposição de mãos" e que disponibilizará álcool em gel e água e sabão para os fiéis o presidente da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), divulgou nota para pedir a reabertura de templos. Os parlamentares argumentam que precisam de orações para enfrentar a "pandemia maligna".Sabemos que a Igreja é lugar de refúgio para muitos que se acham amedrontados e desesperados.

A fé ajuda a superar angústias e é fator de equilíbrio psicoemocional. Por isso, neste momento de tanta aflição, é fundamental que os templos, guardadas as devidas medidas de prevenção, estejam de portas abertas para receber os abatidos e acolher os desesperados", diz a bancada a banda evangélica disse dar,apoio irrestrito à decretação do estado de calamidade pública" pelo governo federal. A decisão do governo permite o rompimento da lei de teto de gastos,católicos já a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recomendou que as igrejas católicas sigam os protocolos das autoridades. A reunião anual dos bispos que aconteceria na próxima semana foi cancelada. Diversas arquidioceses e dioceses pelo Brasil suspenderam as missas públicas.

Fontes:O Estado de S. Paulo.

Chef de cozinha ensina como preparar risoto de baião de dois que virou sucesso entre amigos

Wilson da Cruz conta que se inspirou em uma receita do pai, que é baiano, e costumava fazer a versão tradicional do prato no almoço de família.
O chefe de cozinha Wilson da Cruz assina uma receita de risoto de baião de dois que conquistou os clientes e amigos, em Goiânia. Com porções fartas, ele se inspirou em uma receita do pai, que é baiano, e costumava fazer a versão tradicional do prato no almoço de família,a receita tradicional que já agrada muita gente, depois de incrementada, caiu no gosto da galera veja como preparar:

Ingredientes

2 xícaras de arroz arbóreo
2 dentes de alho cortados em lâminas
6 cebolas médias cortadas em cubinhos
250 ml de creme de leite fresco
1/2 taça de vinho branco seco
1 xícara e meia de feijão verde cozido
200 gramas de carne seca cozida e desfiada
1 pimenta de cheiro picada em cubinhos
meia xícara de manteiga de garrafa
200 ml de leite de coco
1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora
reserve 1/2 litro do caldo que cozinhou a carne seca

Modo de fazer

Em uma panela de fundo grosso, frite o alho na manteiga de garrafa, acrescente a cebola e a pimenta de cheiro. Depois coloque o arroz e deixe fritar por 5 minutos. Em seguida despeje o vinho branco seco,coloque uma xícara do caldo que cozinhou a carne e continue mexendo o arroz para que ele possa soltar bastante o amido. Acrescente a carne seca para soltar o sabor no arroz, adicione o leite de coco e o feijão verde junto com o creme de leite,por último acrescente o cheiro verde: cebolinha e coentro.

Fontes:G1

Empresária ensina como fazer a receita goiana centenária da marmelada de Santa Luzia

Sobremesa pode ser servida com queijo como acompanhamento.
O Jornal do Campo deste domingo (15) ensina como fazer a receita da marmelada de Santa Luzia, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. O doce é uma receita tradicional goiana feita da polpa do fruto marmelo e pode ser servido quente ou frio,a empresária Márcia Melo é quem mostra como fazer. Segundo ela, o preparo é tradição centenária em sua família e leva até três dias para ficar pronta. Ela garante que vale a pena esperar e aconselha que a sobremesa seja servida acompanhada de queijo.(veja o vídeo aqui)

Ingredientes

2 litros de água
1 kg e ½ de açúcar
2 claras de ovo em ½ litro de água
10 marmelos

Modo de fazer

Separe os 10 marmelos, lave e cozinhe por 30 minutos. Feito isso, triture o fruto e depois é só peneirar,coloque água e açúcar no tacho, em seguida, mexa e coloque as claras com água. Deixe cozinhar de 30 a 40 minutos e retire as "borras", ou seja, a "sujeira" acumulada do açúcar depois disso, passe a mistura no coador e cozinhe por mais 30 minutos, até espumar. Veja se está no ponto de puxa,coloque a massa e mexa a mistura sem parar por mais 30 minutos. Após este processo, coloque o doce em um recipiente e deixe-o no sol duas horas por dia, durante três dias,o doce pode ser servido quente ou frio e também pode acompanhar queijo.

Fontes:G1

Pastor mantém esposa refém por 12h e transmite agressões ao vivo na internet

Polícia foi acionada ao local e homem ameaçou furar olhos de companheira com tesoura. Ele agrediu mulher porque acreditava que ela tinha caso com fiel da igreja.
Um pastor evangélico de 40 anos foi preso após torturar e fazer a esposa de refém por 12 horas, chegando a transmitir imagens de agressões nas redes sociais. O caso aconteceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul,segundo informações do site Campo Grande News, Jesus Gorgs, de 40 anos, acreditava que a esposa, de 55, estava mantendo relações extraconjugais com um fiel da igreja da qual ele é pastor.(veja o vídeo aqui)

Por causa disso, ele começou a torturá-la e fazer transmissões ao vivo no Facebook. Vizinhos e colegas viram o vídeo e acionaram a polícia,ainda segundo o site, no local, armado com uma tesoura, o pastor afirmou que furaria os olhos da esposa e a mataria caso policiais se aproximassem. Após horas de negociação, ele liberou a mulher e foi preso,a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros com hematomas. O pastor deve responder por cárcere privado e tortura. Ele teria justificado a agressão com uma recaída no mundo das drogas.

CASA DA DONA CLARA BISTRÔ APARECIDA DE GOIÂNIA
Endereço: Rua J-006 Qd.76 Lt.26, Mansões Paraíso Aparecida de Goiânia
Telefone: (62) 3085-3583 (62) ‪99459‑6388‬ (WhatsApp)
Horário: Terça a Sábado das 18:00 as 00:00
Rede Social: Facebook / Instagram

Fontes:Mais Goiás

Filha posta foto do pai triste por não vender nada no primeiro dia de negócio e viraliza na web

Ele ficou das 18h às 23h30 na praça e só vendeu um pastelão para uma sobrinha.
Natália Cristina dos Santos, de 16 anos, postou um desabafo no twitter no último dia 5 de março, com a foto de seu pai Agrinaldo dos Santos, de 51 anos, muito frustrado por não ter tido sucesso no primeiro dia do seu negócio. O homem iniciou a venda de salgados e bolos na Praça do Sossego, no bairro Pantanal, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.“Hoje foi nosso primeiro dia na pracinha perto da nossa casa vendendo, e na foto de cima, é ele pensativo por não ter vendido nada”, escreveu a jovem.

Agrinaldo trabalhou por quatro anos e seis meses como cobrador de ônibus. Foi demitido em janeiro e, com o dinheiro da rescisão, quis realizar um antigo sonho: abrir uma padaria. Mas, com o equipamento que comprou, só conseguiu produzir e vender bolos e salgados,ele ficou das 18h às 23h30 na praça e só vendeu um pastelão para uma sobrinha.

A filha caçula, Natália, o ajudou a montar a mesa na praça e acompanhou o pai. Com o passar das horas e sem conseguir vender, bateu o desânimo. Até que Natália fez a foto do pai e postou um desabafo no Twitter, convidando as pessoas a passarem pela praça,depois da repercussão, Agrinaldo colocou a mesa na porta de casa. As pessoas começaram a procurá-lo pelo bairro querendo comprar os bolos e salgados. A filha Natália também criou o Lanche Solidário para alimentar pessoas em situação de rua. Quem mora longe está depositando o dinheiro. Informações: (21) 97522-5081.

MOMENTO 44 PUBLICIDADES GRAVAMOS SEU COMERCIAL E RODAMOS NA TV
Endereço: Lojas da 44
Telefone: (62) ‪9908-9651 Wilton Carlos (WhatsApp)
Horário: segunda a sábado das 07:00 as 18:00
Rede Social: Facebook / Instagram
E-Mail: momento44publicidades@gmail.com

Fontes:Curta Mais

Veja como fazer lasanha de frango com molho caseiro, em Goiâniare

Carolina de Oliveira Franco contou que aprendeu a receita especial com uma tia que morava em Palmeiras de Goiás, em 1999.
A confeiteira Carolina de Oliveira Franco tem uma receita especial de lasanha de frango. Segundo ela, o segredo é o molho caseiro que ela aprendeu a fazer com uma tia em Palmeiras de Goiás, em 1999 do “túnel do tempo”, ela disse que o grande diferencial é não usar molhos industrializados, apenas esse “natural” que ela mostra como fazer.(veja o vídeo aqui)

Ingredientes

1 pacote de massa pré-cozida de lasanha;
1 kg de peito de frango;
1 pacote de catupiry;
500 gramas de muçarela fatiada;
1 vidro pequeno de azeitona sem caroço;
1 vidro pequeno de champignon;
1 caixinha creme de leite;
tempero a gosto (açafrão, orégano e pimenta do reino);
2 colheres de margarina;
2 kg de tomate sem pele;
4 cenouras grandes;
1 cebola;
1 colher de sobremesa de açúcar.

Modo de fazer o molho

Comece refogando a cenoura, o tomate e a cebola – todos picados – com uma colher de margarina. Nesta mistura, coloque também o açúcar. Em seguida, tampe a panela e deixe a cenoura cozinhar bem,quando estiver com os ingredientes bem cozidos, coloque o orégano e tire do fogo. Leve essa mistura ao liquidificador e bata até que a mistura fique homogênea. Assim que estiver satisfeito, acrescente o creme de leite e misture.

Modo de fazer a lasanha

Usando uma panela de pressão, refogue o frango com uma colher de margarina, sal e uma pitada generosa de açafrão. Depois de refogar bem, coloque água suficiente para cobrir o frango. Feche a panela, deixe pegar pressão e espere 20 minutos,ao fim do cozimento, sacuda a panela com o frango dentro para que ele fique bem desfiadinho.

Quando notar que o frango está no ponto desejado, coloque-o de volta ao fogo e acrescente azeitonas, champignon picado e acerte a quantidade de sal para montar, comece colocando em uma travessa um pouco do molho – esse truque ajuda a evitar que a massa grude ao fundo. Depois, comece a sequência e repita até completar a travessa: massa, molho, catupiry e muçarela quando a travessa estiver cheia, leve-a ao forno pré-aquecido a 180 °C por 30 minutos depois, é só servir.

CASA DA DONA CLARA BISTRÔ APARECIDA DE GOIÂNIA
Endereço: Rua J-006 Qd.76 Lt.26, Mansões Paraíso Aparecida de Goiânia
Telefone: (62) 3085-3583 (62) ‪99459‑6388‬ (WhatsApp)
Horário: Terça a Sábado das 18:00 as 00:00
Rede Social: Facebook / Instagram

Fontes:G1