Minerador fica milionário após descobrir duas peças gigantes de tanzanita

Saniniu Kuryan Laizer, de 52 anos, encontrou duas peças gigantes de tanzanita, em Manyara, norte da Tanzânia.
Um minerador independente na Tanzânia tornou-se milionário após vender ao governo duas das maiores peças de tanzanita, uma pedra preciosa Saniniu Kuryan Laizer, de 52 anos, descobriu as duas pedras, que pesam 9,27 e 5,1 kg, nas montanhas de Mererani (norte), em uma área que o presidente da Tanzânia, John Magufuli, cercou com um muro em 2018 para controlar a produção e combater as exportações ilegais de tanzanita,ominerador as vendeu ao governo por 7,7 bilhões de xelins (cerca de 2,9 milhões de euros e 3,3 milhões de dólares).

A tanzanita, pedra preciosa de cor entre azul e púrpura que é exportada principalmente para a Índia, é encontrada apenas nas montanhas de Mererani, perto do monte Kilimanjaro,em uma recepção organizada na quarta-feira na cidade de Manyara para comemorar a descoberta, o ministro da Mineração da Tanzânia, Doto Biteko, afirmou que essas pedras são as maiores já descobertas no país.

“Passamos de uma situação em que os mineradores independentes traficavam a tanzanita para uma em que respeitam os processos, e pagam as taxas governamentais”, declarou Laizer disse que planeja usar esse dinheiro para ajudar sua comunidade. “Planejo construir um centro comercial em Arusha e uma escola perto da minha casa”, disse o governo anunciou no Twitter que as duas peças serão guardadas no museu nacional,em 2018, quando o exército começou a construir um muro de 24,4 km em volta das minas de Mererani, o presidente Magufuli estimou que 40% da produção nacional da tanzanita era perdida com o contrabando.

▂▃▅▇█▓▒░۩۞۩GANHE DESCONTO VIO AQUI.۩۞۩░▒▓█▇▅▃▂
SURIAS IMÓVEIS   LOTES / APARTAMENTOS / AGIO  / MINHA CASA MINHA VIDA
Endereço: Rua 8, R. 8-E, 17 - E QD.11 Lt - St. Garavelo, Aparecida de Goiânia - GO, 74932-250
Telefone: (62) 98118-0496 MARCOS Whatsapp.
Horário: atendimento personalizado das 08:00 e fecha às 18:00
E-Mail: marcoscorretorm5@hotmail.com

Fontes:Exame

Nenhum comentário: