Ney Franco reclama da arbitragem na Arena Condá e define: "Confusa"

Técnico do Goiás diz que time saiu perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo depois de dois erros do juiz.
Mais uma vez a arbitragem roubou a cena em uma partida do Campeonato Brasileiro. No jogo entre Chapecoense e Goiás, na Arena Condá, o juiz pernambucano Gilberto Rodrigues Castro Junior acabou sendo alvo de críticas, principalmente do lado esmeraldino,o árbitro anulou o primeiro gol de Rafinha no primeiro tempo por um possível toque de mão de Fábio Sanches e marcou pênalti de Geovane em Henrique Almeida. As duas decisões foram questionadas pelo comentarista Sálvio Spínola na Central do Apito.

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico do Goiás, Ney Franco, classificou a atuação da arbitragem como confusa. O comandante classificou ainda as duas decisões como erros do juiz,foi uma arbitragem confusa. Quando as duas equipes saem reclamando da arbitragem é porque ela foi confusa. Na minha opinião, saímos perdendo por 2 x 0 no primeiro tempo após dois erros da arbitragem. Mas a Chape também reclamou de alguns lances. Foi mais uma arbitragem confusa dentro do Campeonato Brasileiro - disse.

DATASIS INFORMATICA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM IMPRESSORAS E NOTEBOOK
Endereço: Av. dos Alpes, 548 - Vila União, Goiânia - GO, 74313-760
Horário: aberto as 08:00  fecha às 18:00
Telefone: (62) 3285-1015 (62)  9 9662-6214 ( Whatsapp )

Fontes:G1

Nenhum comentário: