Médico do Goiás praticamente descarta Tadeu contra o Grêmio

De acordo com Bruno Favaron, apesar de goleiro estar se recuperando bem de pancada na cabeça, é preciso seguir o protocolo de recuperação de concussão para evitar riscos.
Titular do Goiás em todas as rodadas do Campeonato Brasileiro, o goleiro Tadeu dificilmente enfrentará o Grêmio, no próximo domingo, em Porto Alegre. Tadeu foi substituído no início do segundo tempo do jogo contra o Palmeiras, no último sábado, após forte choque de cabeça com Zé Rafael,o goleiro esmeraldino foi levado imediatamente de ambulância para o hospital, onde realizou exames. Apesar de nenhuma lesão ter sido detectada, o médico do Goiás, Bruno Favaron, explicou na manhã desta terça que as chances de Tadeu entrar em campo na próxima rodada são mínimas.

O Tadeu teve uma concussão cerebral por causa do choque na cabeça. Isso foi avaliado naquele momento, ele foi levado ao hospital. Foram feitos exames de imagem e exames clínicos, que não constataram nenhuma lesão. A partir de agora a gente entra em um protocolo de recuperação dessa concussão. Dia após dia ele terá avaliações clinicas e físicas,essa recuperação é lenta e gradual em função da gravidade do lance. É pouco provável que ele esteja apto a jogar domingo. 

Isso é dia após dia, existe um protocolo que vamos seguir com testes físicos e clínicos ao longo da semana (Bruno Favaron, médico do Goiás).Sem Tadeu, o provável titular na Arena do Grêmio será Marcelo Rangel. No último sábado, Marcos estava no banco de reservas e entrou depois da lesão de Tadeu. O goleiro reserva falhou no lance do segundo gol do Palmeiras,segundo o técnico Ney Franco, Marcelo Rangel não estava no banco de reserva por causa das desgastantes viagens para Fortaleza e Lucas do Rio Verde na semana passada.

MRH IMOVEIS MINHA CASA MINHA VIDA
Endereço:Avenida da Paz, SN, Qd 160 Lt 17 Sala 07 setor Garavelo, Aparecida de Goiânia - GO
Telefone: (62) 98118-0496 (62) 9979-4404 (62) 99200-5556 (62) 98482-2492
Horário:08:00 e fecha às 18:00
Rede social: Facebook clica aqui

Fontes:G1

Nenhum comentário: