Em 7 dias, estrangeiros retiraram R$ 4,7 bilhões da bolsa

Segundo o Itaú BBA, a tendência é que os estrangeiros diminuam sua participação no mercado acionário brasileiro nos próximos anos.
Os investidores estrangeiros retiraram R$ 4,704 bilhões da Bovespa em agosto, até dia 7, segundo dados da B3. A saída neste mês já é maior desde outubro do ano passado, quando saíram R$ 6,2 bilhões. No ano, o saldo acumulado dos estrangeiros está negativo em R$ 15,138 bilhão. Mas, se for considerado o período em que os resgates começaram, em abril, a saída já atinge R$ 16,390 bilhões em cinco meses seguidos de resultado negativo,os estrangeiros são os principais investidores do mercado brasileiro, mas vem perdendo espaço nos últimos meses para os institucionais, como fundos de pensão, seguradoras e fundos de investimentos, e também para as pessoas físicas.

Neste ano, eles representam 45,7% do volume negociado na Bovespa, ou seja, de cada R$ 100 comprados ou vendidos em ações, R$ 45,70 eram de estrangeiros. Em agosto, essa participação é ainda menor, 43,9%. No ano passado, os estrangeiros responderam por 48,9% do volume negociado,já os institucionais passaram de 27,8% em 2018 para 30,4% na média de 2019. Em agosto, eles representam 31,7%. As pessoas físicas respondem por 18,4% no ano e 18,8% em agosto, para 17,9% no ano passado,segundo o Itaú BBA, a tendência é que os estrangeiros diminuam sua participação no mercado acionário brasileiro nos próximos anos.

Fontes:Exame


Nenhum comentário: