Após se superar, Vila Nova aumenta confiança para segundo jogo da semifinal

Técnico Eduardo Baptista valoriza atuação com um a menos contra o Atlético-GO no último domingo e destaca potencial do elenco após campanha instável no Goianão
Enquanto o rival Atlético-GO divide a semana entre a Copa do Brasil e a semifinal do Campeonato Goiano, o Vila Nova se concentra apenas no Estadual. No próximo domingo, o Tigre decide contra o Dragão uma vaga na grande decisão,a partida será no Antônio Accioly, apenas com torcedores rubro-negros. Apesar disso e também de o Atlético-GO ter vencido todas as partidas que fez em sua casa na atual temporada, o técnico Eduardo Baptista vê o Vila mais forte e confiante após o jogo de ida.

No último domingo, o Colorado atuou com um jogador a menos depois da expulsão de Wesley Matos logo aos seis minutos e, mesmo assim, arrancou o empate no final,o mérito foi a entrega dos jogadores. Estamos ali para tentar mudar as coisas, mas a entrega dos jogadores foi de arrepiar. Chegamos com total desconfiança pelo campeonato que fizemos, mas a gente sabia que podia dar algo a mais e fazer a diferença. Fizemos um jogo consistente. O mérito é deles (jogadores) de acreditar – diz Eduardo Baptista.

O técnico do Vila Nova não poderá contar com Wesley Matos no jogo da volta. Sobre a expulsão prematura do capitão, Eduardo Baptista rechaçou qualquer tipo de penalidade. Segundo ele, seria pior ter pecado pela falta de ação,a gente pune pela falta de atitude e nunca pelo erro. O erro é do jogo e pode acontecer, não tem punição. Cobramos pela falta de atitude. Algumas partidas atrás eles foram cobrados por isso.

Fontes:G1

Nenhum comentário: