quinta-feira, 21 de março de 2019

Banco Central britânico mantém taxa de juros de olho no Brexit

"A perspectiva econômica continuará a depender de forma significativa da natureza e do momento de saída da UE", disse a autoridade monetária
O Banco Central britânico manteve a taxa de juros nesta quinta-feira, 21, e disse que a maioria das empresas sentem-se o mais preparadas possíveis para um Brexit sem acordo, o que deve prejudicar o crescimento econômico e os empregos,o Banco da Inglaterra disse que seus nove membros votaram de forma unânime para manter os juros em 0,75 por cento, poucos dias antes de a quinta maior economia do mundo deixar a União Europeia sem um acordo.

“A perspectiva econômica continuará a depender de forma significativa da natureza e do momento de saída da UE”, disse o banco central o banco central britânico disse novamente que os juros podem avançar em qualquer direção se houver um Brexit sem acordo, uma vez que a forte queda no valor da libra pode gerar pressão inflacionária alem do choque à economia.

Separadamente, o Banco da Inglaterra publicou uma pesquisa com cerca de 300 empresas que mostrou que 80 por cento delas sentem que estão “prontas” para um divórcio sem acordo e sem transição, de 50 por cento em janeiro um Brexit desordenado em 29 de março continua sendo possível uma vez que a primeira-ministra, Theresa May, aguarda uma resposta de Bruxelas sobre seu pedido para adiar a saída do Reino Unido da União Europeia em três meses, para permitir que ela consiga aprovar seu acordo no Parlamento.

Fontes:Exame

Nenhum comentário: