sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

João de Deus 'precisa se apresentar', diz advogado

Nenhum dos três advogados informou onde o médium está neste momento
Após a Justiça de Goiás determinar, nesta sexta-feira (14), a prisão do médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, denunciado por abuso sexual, o advogado dele, Alberto Toron, disse que vai entrar com pedido de habeas corpus contra a decisão, que considerou “ilegal e injusta”. “A impetração do habeas corpusnão exclui a apresentação do senhor João de Deus”, afirmou Toron,o advogado acrescentou que ainda não definiu quando o médium deve se apresentar às autoridades.“Só agora tive acesso à decisão do juiz que impôs a prisão preventiva contra o sr. João de Deus. 

Observo que apenas alguns depoimentos, de poucas vítimas, acompanham o pedido de prisão preventiva, ainda assim, sem os seus nomes.”.O advogado Thales José Jayme, também envolvido no caso, confirmou que João Teixeira de Faria vai se apresentar às autoridades, mas disse que isso não deve ocorrer nesta sexta-feira. “Ele vai se apresentar, ele precisa se apresentar, não há outro caminho que não seja esse, e eu falei com alguns familiares que estão em Anápolis {Goiás] para ver a possibilidade dele se apresentar, mas não seria hoje – isso eu posso te adiantar com toda a certeza.

”Um terceiro advogado envolvido no caso, Hélio Braga Junior, disse que ainda não teve acesso aos autos do processo e informou que a defesa deve alegar problemas de saúde e idade avançada para evitar a prisão de João de Deus,nenhum dos três advogados informou onde o médium está neste momento,as denúncias contra João de Deus começaram a vir a público na última sexta-feira (7) quando o programa Conversa com Bial, da TV Globo, divulgou as primeiras denúncias de abuso sexual. A partir daí, outras mulheres que afirmam ser vítimas do médium começaram a procurar as autoridades e a imprensa.

Fontes:Agência Brasil

Nenhum comentário: