quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Fé no segundo turno: Haddad vai pedir apoio a evangélicos

O PT tem informações que o apoio da igreja a Jair Bolsonaro não é homogêneo
A campanha de Fernando Haddad (PT) decidiu pedir apoio aos evangélicos para enfrentar Jair Bolsonaro (PSL) nas urnas do segundo turno das eleições presidenciais,de acordo com a coluna “Painel”, da Folha, o ex-prefeito de São Paulo tem um encontro marcado com evangélicos na próxima semana além disso, o Partido dos Trabalhadores vai mapear as igrejas que já declararam apoio ao capitão reformado e espera conseguir apoio deste grupo,

Uma vez que a sigla tem informações que o endosso não é homogêneo,nesta conversa, Haddad vai usar sua própria vida como exemplo para sustentar o título de família tradicional. O petista alegará que, diferentemente de Bolsonaro, ele tem um casamento de 30 anos por fim, a coordenação da campanha de Haddad também negocia um encontro dele com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que já pediu aos fiéis que votem pela “defesa da democracia”.

Fontes:Notícias ao Minuto

Postar um comentário