terça-feira, 23 de outubro de 2018

Assassino de Leonardo Pareja é morto a facadas em presídio de Goiás

A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP) confirmou a morte do detento, mas ainda está apurando as circunstâncias em que ocorreu o assassinato.
O assaltante e homicida que em dezembro de 1996 matou com tiros e facada o também assaltante Leonardo Rodrigues Pareja, à época com 22 anos, dentro da Penitenciária Coronel Odenir Guimarães (POG), foi assassinato na tarde desta terça-feira (23), durante banho de sol no mesmo presídio,de acordo com informações iniciais, Eduardo Rodrigues de Siqueira, de 48 anos,  conhecido também por Pigmeu, foi morto a facadas por colegas de cárcere após uma briga durante o banho de sol, no pátio da POG. 

A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP) confirmou a morte do detento, mas ainda está apurando as circunstâncias em que ocorreu o assassinato,a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informa que na manhã desta terça-feira (23/10), o preso Eduardo Rodrigues Siqueira foi morto na enfermaria da Penitenciária Odenir Guimarães (POG).Por volta das 10h45, a vítima era conduzida do banho de sol para o seu leito na enfermaria da unidade, quando foram atacados pelos presos Diego Martins da Silva, Cleyber Antonio Nicolau e Antonio Camargo dos Santos, com golpes de armamento artesanal perfurante (chucho).

Os agressores foram prontamente afastados pelos agentes de plantão. No local, foram prestados os primeiros socorros à vítima e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) imediatamente acionado. Em seguida, a vítima foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito,foi determinada abertura de sindicância para apuração dos fatos e a Polícia Civil vai instaurar inquérito policial para investigar o homicídio.

Fontes:Mais Goias

Postar um comentário