Empresário é preso por fabricar e vender munições em comércio, em Cocalzinho de Goiás

No estabelecimento do idoso de 77 anos, os policiais aprenderam várias munições e armas. Equipes de Rotam chegaram até o suspeito após uma denúncia anônima
O empresário Miguel de Araújo Durval, de 77 anos, foi preso após ser flagrado por policiais de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), fabricando e vendendo munições em seu comércio, na noite de segunda-feira (13), no município de Cocalzinho, a cerca de 132 quilômetros de Goiânia. Além de munições de vários calibres, os policiais também aprenderam duas armas de fogo com o idoso.

Os policiais chegaram até o local por meio de uma denúncia anônima de que um indivíduo, proprietário de um comércio na região de Girassol, em Cocalzinho de Goiás, estaria de posse de uma arma de fogo e comercializando munições para revólveres. Ao chegar no endereço informado, os militares encontraram o idoso que, durante a abordagem, afirmou que havia em seu comércio munições e arma de fogo.

No estabelecimento de produtos agropecuários, os policiais encontraram munições de calibres 22, 32, 38, 20, 28, além de estojos calibre 20, 12 e 36. Durante a busca no local, foram encontrados também chumbo de diversos números, pólvora, uma arma de fogo calibre 32 e uma arma do tipo pressão preparada para uso.

Durante a entrevista, o empresário afirmou para os militares que em sua casa havia mais materiais ilícitos. Na residência foram apreendidas mais uma arma de fogo calibre 32, diversas munições  de variados calibres, além de duas armas longas do tipo pressão. Foi dado voz de prisão para o idoso, que foi conduzido para a Central de Flagrantes de Águas Lindas, onde foi autuado.

Fontes:Mais Goiás

Nenhum comentário: