segunda-feira, 23 de julho de 2018

EUA vão monitorar fraqueza da moeda chinesa por manipulação

Secretário afirmou que a fraqueza do iuan seria revisada como parte do relatório semianual sobre manipulação cambial do Tesouro
Os Estados Unidos estão monitorando a recente fraqueza do iuan e vão analisar se houve manipulação da moeda, disse o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, à Reuters nesta sexta-feira,Mnuchin afirmou, em entrevista em São Paulo, que a fraqueza do iuan seria revisada como parte do relatório semianual sobre manipulação cambial do Tesouro, que deve ser divulgado em 15 de outubro, com base na atividade dos primeiros seis meses de 2018.

Questionado se estava preocupado pelo fato de a China usar sua moeda como uma arma na crescente disputa comercial com os Estados Unidos, Mnuchin disse: “Eu não estou dizendo se é uma arma ou se não é. Não há dúvida de que o enfraquecimento da moeda cria uma vantagem injusta para eles”. “Vamos analisar com muito cuidado se eles manipularam a moeda.”

Os comentários de Mnuchin ocorreram logo após o presidente Donald Trump acusar a China e a União Europeia de manipularem suas moedas em um post no Twitter, acrescentando que isso está “retirando a nossa grande vantagem competitiva”.Trump também repetiu suas reclamações de que as altas na taxa de juros pelo Fed estavam levando o dólar a subir e disse que estava pronto para aplicar tarifas sobre todos os 500 bilhões de dólares de bens importados da China.

O iuan chinês, abalado pela disputa comercial, perdeu 7,5 por cento de seu valor desde o fim do primeiro trimestre e alcançou o menor nível do ano contra o dólar, marcando sua maior queda de 90 dias desde que as taxas de câmbio do iuan foram unificadas em 1994,sob Trump, o Tesouro se absteve até agora de declarar que a China manipula moedas, apesar da promessa de campanha de Trump de fazê-lo assim que assumisse o cargo. Isso se deve em parte ao fato de que o iuan estava subindo ou se estabilizando neste ano.

Fontes:Exame

Postar um comentário