sexta-feira, 27 de julho de 2018

Dólar sobe com movimento de correção

Às 11h54, o dólar avançava 0,72%, a 3,7287 reais na venda, depois de acumular perdas de 2,14% nos dois pregões passados
O dólar operava em alta ante o real nesta quinta-feira, num movimento de correção à recente perda de pouco mais de 2 por cento dos dois últimos pregões, sem tirar o foco da cena política local, a poucos meses das eleições e na reta final para os partidos fecharem suas coligações,ás 11:54, o dólar avançava 0,72 por cento, a 3,7287 reais na venda, depois de acumular perdas de 2,14 por cento nos dois pregões passados. O dólar futuro tinha valorização de cerca de 1,10 por cento.

“Os investidores estavam muito comprados (apostando na alta do dólar) e, de repente, veio a percepção de que mesmo se tivermos um aquecimento em torno das eleições, o dólar não vai disparar”, afirmou o sócio da NGO Corretora Sidnei Nehme. “Está havendo diminuição dessas posições”, acrescentou nesta manhã os partidos do blocão, grupo formado por DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade, anunciou formalmente o apoio ao pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin.

O mercado já havia reagido bem a essa notícia, conhecida no final da semana passada, quando trouxe mais ânimo aos investidores, que consideram o tucano mais comprometido com as reformas econômicas, sobretudo de cunho fiscal,no mercado internacional, o dólar avançava ante uma cesta de moedas e também ante divisas de países emergentes, como os pesos chileno e mexicano,o Banco Central brasileiro ofertou e vendeu integralmente 14 mil swaps tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 12,6 bilhões de dólares do total de 14,023 bilhões de dólares dos contratos que vencem em agosto.

Fontes:Exame

Postar um comentário