sexta-feira, 1 de junho de 2018

PM aposentado é executado com mais de 10 tiros em Goiânia

Soldado que já trabalhou na Rotam, e estava em uma moto, foi perseguido e assassinado com tiros de pistolas por criminosos que fugiram em um Prisma branco
Um soldado aposentado da Polícia Militar foi executado com mais de 10 tiros no final da noite desta quinta-feira (31), no Parque Amazonas, em Goiânia. Romão do Amaral Gimenes, de 49 anos, que já trabalhou na Rotam, estava em uma moto, e teria tentado escapar dos assassinos por pelo menos dois quarteirões,segundo a ocorrência registrada pela PM, o soldado aposentado, que estava em uma moto Honda CG 125, começou a ser perseguido pelos executores, que estavam em um veículo Prisma branco, pouco depois das 10 da noite, assim que entrou na Avenida Jaguaribe.

No cruzamento com a Rua Montes Claros, Romão Gimenes, provavelmente já baleado, foi alcançado e caiu da moto, ocasião em que recebeu outros disparos. Imagens obtidas pelo Mais Goiás mostram o veículo usado pelos criminosos deixando o local do crime,perto do corpo dele, peritos do Instituto de Criminalística encontraram cápsulas de pistolas calibres Nove Milímetros e Ponto 40. 

Após a execução, os criminosos roubaram a pistola do militar, que, suspeita se, estaria sendo seguido desde quando saiu de um supermercado onde trabalhava como segurança, na Avenida Rio Verde, em Aparecida de Goiânia,a Polícia Civil trabalha com as hipóteses de execução, ou tentativa de roubo. Romão Gimenes, que era conhecido pelo apelido “Mão de Onça” aposentou-se na PM há 10 anos, e além da Rotam, já trabalhou em importantes unidades especializadas no interior do Estado.

Fontes:Mais Goiás

Nenhum comentário: