sexta-feira, 22 de junho de 2018

Bailarina Nanny Azevedo é uma referência estilo mais casual e comenta sobre a Copa

Nem só de salto alto viverão as mulheres
É possível estar na moda, alinhada com as tendências, mesmo em um contexto de vestuário mais prático, casaul e condizente a correria do dia-a-dia. A bailarina do quadro Ding Dong do Domingão do Faustão, Nanny Azevedo, é prova disso. Nas redes sociais, costuma compartilhar fotos com roupas de ginásticas, tênis e um estilo mais despojado,os quase meio milhão de seguidores que acompanham a bailarina nas redes sociais tem tomado os looks de Nanny como inspiração para se vestir bem.

Nos comentários os fãs não poupam elogiam a morena. Sobre a profissão, Nany que é bailarina profissional desde os 14 ano, diz que foi descoberta em uma academia de São Paulo. “Fazia capoeira “e no final tínhamos uma roda de samba.

A dona da academia me viu e me convidou para fazer um teste e representar a academia em campeonatos de dança,desde então não parei mais. Me formei em Educação Física e desde então, me preocupo com meu corpo e principalmente como a minha saúde”, conta. Torcendo para a seleção brasileira, a gata disse que se fosse treinadora iria apostar na dança para os jogadores relaxarem e fazer um bom jogo em campo. 

Fontes:Jornal Daqui

Postar um comentário