sexta-feira, 18 de maio de 2018

Carro com 1,5 tonelada de maconha é apreendido na Vila Aurora, em Goiânia

De acordo com a GCM, veículo estava sem gasolina e, durante a tentativa de abordagem, os suspeitos fugiram e entraram em outro automóvel que estava nas proximidades
Agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia apreenderam um carro na Vila Aurora, em Goiânia, com 1,5 tonelada de maconha. A apreensão aconteceu durante a operação Goiânia Mais Segura na madrugada desta sexta-feira (18), após o veículo carregado de entorpecentes ficar sem gasolina. Essa foi a maior apreensão de drogas de uma Guarda Civil no Brasil.

Segundo o comandante da operação, W.Moreira, uma equipe da GCM estava voltando da Central de Flagrantes onde havia deixado um carro roubado, quando percebeu que dois homens abasteciam uma Hyundai Santa Fé com um galão no meio de uma rua da Vila Aurora. Os guardas se aproximaram dos indivíduos para realizar uma abordagem, momento em que os suspeitos correram e entraram dentro de um Fiat Uno, de cor branca, onde uma pessoa já os aguardavam nas proximidades.

Os guardas iniciaram o acompanhamento do veículo, quando na altura da Avenida T-2, próximo a uma região de mata, os suspeitos dispararam contra os agentes, que revidaram e acertam tiros nos vidros do carro. Em seguida, os indivíduos saíram do veículo e correram para o matagal. Os guardas fizeram as buscas na região, mas não localizaram o trio,ao retornar para a Vila Aurora, onde a Santa Fé estava, os guardas encontraram no interior do veículo 1,5 tonelada de maconha,  e uma pistola 9 milímetros, que tinha um pente com capacidade para 30 munições.

“O carro tinha droga por todo lado. Algumas delas já estavam com preços, então a gente acredita que essa droga seria distribuída pela capital e região metropolitana, mas isso só a investigação da Polícia Civil vai confirmar”, conta o comandante,as drogas e os veículos aprendidos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e posteriormente será distribuída para a Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc). Os guardas continuam as buscas pelos envolvidos em Goiânia e Região Metropolitana.

Fontes:Goiás Agora

Postar um comentário