Humberto Aidar deixa o PT e se filia ao MDB

Presidente do partido e pré-candidato ao Governo Daniel Vilela confirmou filiação do petista e comemorou chegada do que chamou de “conquista qualitativa” para sua chapa
O presidente estadual do MDB e deputado federal Daniel Vilela (MDB) confirmou, nesta sexta-feira (6), a filiação do deputado estadual Humberto Aidar, agora ex-PT. Segundo Daniel, que é pré-candidato ao Governo do Estado, Humberto vai disputar a reeleição na sua chapa como um dos líderes de sua campanha,“Ele é um quadro que, ao contrário de outros, não está mudando de partido por medo de disputar voto, mas sim por acreditar em um projeto para Goiás e por isso que ele tomou essa decisão de caminhar conosco”, afirmou Daniel. 

Humberto deixa o PT após 25 anos no partido, pelo qual foi eleito cinco vezes deputado e uma vez vereador,Humberto chega ao MDB, pontua Daniel, como uma “conquista qualitativa”. “É um deputado extremamente qualificado, tem reputação ilibada e com certeza vai somar conosco”, comemorou. O pedido de desfiliação de Humberto já foi entregue ao PT e sua filiação aceita pelo MDB.

Com a saída de Humberto, o PT perde mais um deputado na sua bancada na Assembleia, que agora conta com Adriana Accorsi (PT) e Luis Cesar Bueno (PT). Antes dele, o ex-deputado e prefeito de Goianésia Renato de Castro já havia feito o mesmo caminho e ido para o MDB,quem também deve perder um deputado nas próximas horas é o próprio MDB: José Nelto anuncia ainda nesta sexta-feira se vai para o DEM ou para o Podemos, para apoiar o senador Ronaldo Caiado (DEM).

Fontes:Redação

Nenhum comentário: