domingo, 29 de janeiro de 2017

Canadá anuncia que vai receber refugiados barrados nos EUA

Primeiro-ministro canadense afirma que Canadá 'vai receber' refugiados rejeitados por Donald Trump
Pelo Twitter, o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau afirmou que o país irá amparar refugiados de guerra e terrorismo, independentemente da fé. O post é um crítica à política anti-imigrante adotada pelo vizinho Estados Unidos desde a última sexta-feira (27), quando o presidente Donald Trump assinou um decreto que proíbe a entrada de cidadãos de sete países na nação norte-americana por 120 dias.

"Para aqueles que fogem de perseguições, terrorismo e guerra, os canadenses vão receber-vos, independentemente da vossa fé. A diversidade é a nossa força. #BemVindosaoCanadá"

Trudeau também publicou na rede social uma fotografia do momento em que ele recebe uma criança síria, no aeroporto de Toronto.

Depois de ser eleito, no final de 2015, o primeiro-ministro supervisionou a chegada de mais de 39 mil refugiados sírios ao país.

O governo liberal canadense tem tentado equilibrar a sua visão do mundo e as relações com a nova administração norte-americana.

A relação entre os países é bastante estreita, sendo que mais de 75% das exportações do Canadá são destinadas aos Estados Unidos.

Fontes:Notícias ao Minuto

Postar um comentário